Meu Natal

Cantinho da Florinda

MEU PRESÉPIO
Venham Cordeiros de Deus
Venham Pastores
Venham Rei Magos…
Transponham os lagos
Subam aos Céus
Colham Flores
Recolham odores.
Estendam a mão
Tragam um Irmão
E outro mais
Tragam os Pais.
Tragam os Filhos
Façam cadilhos
Sigam a Estrela
Que é tão bela!
Ela está a chamar
Ela está acenar…
Sigam a seta
Está a porta aberta
Onde estou a aguardar
A vossa chegada
Maravilhada…
Vejam a Luz
Sai de Jesus
Adorem Seu Coração
Com muita devoção.
Foi em palhas de Amor
Que nasceu O Salvador.
Florinda Rosa Isabel

Ver o post original

Meu Natal

MEU PRESÉPIO
Venham Cordeiros de Deus
Venham Pastores
Venham Rei Magos…
Transponham os lagos
Subam aos Céus
Colham Flores
Recolham odores.
Estendam a mão
Tragam um Irmão
E outro mais
Tragam os Pais.
Tragam os Filhos
Façam cadilhos
Sigam a Estrela
Que é tão bela!
Ela está a chamar
Ela está acenar…
Sigam a seta
Está a porta aberta
Onde estou a aguardar
A vossa chegada
Maravilhada…
Vejam a Luz
Sai de Jesus
Adorem Seu Coração
Com muita devoção.
Foi em palhas de Amor
Que nasceu O Salvador.
Florinda Rosa Isabel

Palavras, precisam-se

«Palavras, precisam-se!»
Tantas palavras
Elas são “Internetadas”
“Telenoveladas”
“Computorizadas”
Mas não são pronunciadas
Olhos nos olhos
Mãos dadas
Nossas ternuras abraçadas
Nosso calor dividido
Sonho contigo
Como um ser humano
Não nesse engano
Em que te transformaste
Nunca mais dialogaste
Alimentaste de teclado
Já não és o meu amado
Trocaste teu sangue quente
De ser vivente
por óleo lubrificante
Já não és o meu amante!
💔
Florinda Rosa Isabel